Archive for the ‘Tecnologia’ Category

Quando a raposa vai pegar o bi-bip?

Esses tempos falei lá no Geek Fail sobre o pessoal que costuma comentar no YouTube. Não todos, claro, mas uma maioria em massa, fazendo referência as pérolas que são encontradas nesse tipo de conteúdo. Acho que agora chegou a vez do Yahoo Respostas.

A plataforma pode ser útil pra muita gente, servindo de um canal para tirar dúvidas, sem medo do que perguntar, muito menos da reação expressa pelos demais por pensar que quem está questionando seja tão dummy no assunto (o que muitas vezes é verdade). As pessoas preferem soltar suas dúvidas na rede, ignorando qualquer tipo de pesquisa sobre o assunto, e não é nada fora do comum encontrar coisas como o relatado abaixo:

Espero que isso não seja encarado como uma crítica, apenas um comentário. A ferramenta é bastante útil, recebendo uma boa indexação nos mecanismos de busca, ocupando as primeiras páginas do Google em uma pesquisa. E confesso que também já fui pego navegando por lá, lendo as respotas, acreditando que nem todas as perguntas sejam tão sem sentido como no exemplo acima.

Vem aí Arca Gamer

Não é um projeto próprio, até porque não tenho muito jeito pra isso, mas um dos idealizadores é uma pessoa bastante próxima e estou acreditando que pode ter uma boa repercussão:

 

Aguardem por maiores detalhes!

WikiRebels – O Documentário do Wikileaks

Em maio do ano passado comprei o livro Wikileaks – A Guerra de Julian Assange contra os Secredos de Estado por David Leigh. No mesmo dia da compra comecei a ler. Contudo, procrastinação, falta de tempo ou seja lá qual o verdadeiro motivo, acabei de ler em junho desse ano, batendo o meu recorde de maior tempo levado pra ler um livro.

Ontem navegando por aí, encontrei o documentário que conta a história descrita pelo livro WikiRebels: The Documentary, considerando que todo o complemento sempre é bem vindo, assisti, e por sinal, achei bom. Mas admito que ler o livro é obviamente mais interessante, mesmo levando mais de um ano pra isso. Aproveito para compartilhar a produção por aqui, encontrado na integra no YouTube:

 

Enjoy it!

Supermercado com terminal de autoatendimento

Pode ser um tanto difícil migrar pra uma cultura diferente da qual fomos criados, mesmo que temporariamente, alguns hábitos e quem sabe vícios precisam ser alterados. Já percebi vários detalhes diferenciados entre esse paradigma cultural que existe entre Brasil e Canadá, assim como deve existir entre inúmeros outros países no mundo.

Semana passada acabou o papel higiênico no banheiro dos estudantes aqui na homestay. Desde que cheguei a três semanas atrás, foram usados três rolos que já estavam lá no banheiro. Não perguntei pra host se ela quem deve repor ou nós devemos comprar nosso próprio. Mas como eu gosto de ter meus artigos de higiene separados, guardando tudo aqui no quarto e levando junto ao banheiro quando necessário, na última sexta-feira resolvi comprar um pacote.

Aqui em um dos shoppings de Toronto tem uma loja chamada Canadian Tire. É uma loja de conveniência especializada em artigos para o lar, tem realmente de tudo, passando por artigos específicos para reforma de uma casa, eletrodomésticos, eletrônicos, produtos para cama, mesa e banho, além do que mais você imaginar. Chegando no corredor dos artigos de limpeza, comecei achando estranho porque enquanto no Brasil conseguimos comprar em qualquer lugar um pacote pequeno de papel higiênico com apenas 4 unidades, aqui os menores pacotes são o da imagem abaixo com 12 unidades, ao menos nessa loja. Analisando em termos de valores até compensa, pois o pacote custou em torno de $ 5,07 dólares (CAD).

Chegando na área de Check Out (caixa), olhei por todos os lados e não havia atendente algum trabalhando, todos os caixas estavam aparentemente abandonados. Analisando melhor percebi uma coisa inusitada. Haviam diversos terminais onde as pessoas estavam passando os produtos e interagindo de forma autônoma, conforme as instruções passadas pela máquina. Caso o pagamento seja feito por cartão de crédito, o próprio cliente passa o cartão e fim de papo ou se é com dinheiro em espécie, existe um espaço para inserir as notas e se necessário, receber o troco. Um funcionário passa para ensacar os produtos, caso seja preciso, pois geralmente grande parte dos estabelecimentos aqui cobra cerca de $ 0,05 cents (CAD) por cada sacola. Antes de sair ensacando, o atendente sempre pergunta “Do you need a bag? [Você precisa de sacola?]”, no caso do terminal de auto-atendimento acima, existe uma opção para selecionar.

Bom, após observar o funcionamento, fui em frente ao novo estilo de caixa recentemente conhecido, finalizando assim as compras. Afinal, se você sabe usar um caixa eletrônico em um banco, consequentemente vai saber usar um desses também.

Google Street View em Novo Hamburgo

A visão empregada para o uso do Google Street View é realmente fantástica. Antes de sair do Brasil consegui cosultar através da ferramenta a minha homestay aqui em Toronto, inclusive os arredores, as ruas próximas e afins. Ajudou bastante para que na chegada, dentro do taxi ainda eu já pudesse avisar o motorista que estavamos próximo ao destino, e parando em frente a casa percebi que mesmo de uma forma virtual, eu já conhecia aquele lugar.

Conforme comentei em uma postagem lá no Zoom Digital, a qual você pode visualizar clicando aqui, mais algumas cidades estão fazendo parte do acervo de imagens do recurso no Brasil, inclusive Novo Hamburgo / RS, minha cidade Natal e onde moro com minha família.

Alguém aí conhece  esse lugar? Pois é! “Nossa rua” em Novo Hamburgo

Só para lembrar, para usar o Street View, basta acessar o endereço http://maps.google.com.br. E caso tenha dúvidas de como usar, escrevi uma breve explicação na postagem citada acima, pode ler mais uma vez clicando aqui.

Sorteios do Ubuntu BR no FISL 13

Antes do FISL 13 eu pensava que a LINDA da Rafa Marek gostava de brindes, sorteios e afins como ninguém. Mas acabei concluindo que temos mais um viciado nessa coisa de Free For All. Olha se não é o maluco do Marcos Barbosa nessa foto aí abaixo, esperando o sorteio no stand do Ubuntu BR:

Recebi a imagem através da newsletter do Ubuntu SC.

Um podcast com cartão

Não que isso seja muito surpreendente, mas esse é o primeiro cartão de visitas que eu recebo de um podcast, quer dizer, um cartão divulgando um podcast, porque recebi do prezado amigo Ricardo Pinheiro, quem participa da empreitada:

Se você ficou interessando, comece a ouvir o Retrocomputaria também. É uma ótima fonte de informação pra quem curte Retrocomputação, mas acho que não preciso nem avisar, é coisa pra nerd nível hard core, viu?

Busca