Festival do Minuto: “Passe Livre – Cidade Livre”

Em nome da equipe do Festival do Minuto, divulgo o novo concurso promovido pela organização: “Passe Livre – Cidade Livre”. A ideia da iniciativa é entrar na “onda” das manifestações populares, expressando sentimentos e reações através de um vídeo, o qual, deve ter no máximo 1 minuto de duração e estar devidamente inscrito e publicado até o dia 31 de julho. Segue abaixo a chamada oficial para o desafio:

Menos tarifa. Menos carros nas ruas. Menos balas de borracha. Menos políticos fluídos e desonestos. Menos dinheiro em elefantes brancos. O Festival do Minuto, de olho nas atuais manifestações populares, lançou o concurso “Passe Livre – Cidade Livre”. Pode ser documentário, ficção, animação, ou o que quiser. O melhor vídeo recebe R$ 1.000 e um troféu Minuto.

Sobre o Festival do Minuto
O Festival do Minuto foi criado no Brasil, em 1991, e propõe a produção de vídeos com até um minuto de duração. É, hoje, o maior festival de vídeos da América Latina e também o mais democrático, já que aceita contribuições de amadores e profissionais indistintamente.
A partir do evento brasileiro, o Festival do Minuto se espalhou para mais de 50 países, cada um com dinâmica e formato próprios. O acervo do Minuto inclui vídeos de inúmeros realizadores que hoje são conhecidos pela produção de longas-metragens, como os diretores Fernando Meirelles (Cidade de Deus, Ensaio Sobre a Cegueira), Beto Brant (O Invasor, Eu Receberia as Piores Notícias dos Seus Lindos Lábios) e Tata Amaral (Antônia, Hoje).

Fonte: Divulgação

Leave a Reply

Busca