Posts Tagged ‘Fiat’

40 anos do primeiro Fiat 147 a álcool

Mais cedo na página da FCA – Fiat Chrysler Automobiles no Facebook eles divulgaram uma postagem falando dos 40 anos desde que o primeiro Fiat 147 a álcool foi lançado no Brasil, que por sinal, a primeira unidade produzida está “viva” até hoje, rodando pela pista de testes da fábrica em Betim (MG). No texto, eles também aproveitam para contar um pouco da história de pesquisa e desenvolvimento do modelo.

Lendo essa matéria, quando eles falam de partida a frio e afogador, com esse frio que está fazendo aqui no Sul (nesse momento, 10º às 16h da tarde) lembrei da infância e de quando meu pai me levava para a escola nas manhãs frias de inverno no nosso Fiat 147, bege, ano 1986 e movido a álcool. Pra tirar da garagem era todo um ritual: Puxava totalmente o afogador, apertava um botão para acionar a partida a frio na intenção de injetar uma quantidade de gasolina suficiente para “fazer o carro pegar” e batia o arranque, torcendo para o motor ligar na primeira tentativa, pois se não, as vezes era necessário injetar mais gasolina e forçar um pouco o motor de arranque até que o carro “pegasse”. Mais tarde, já na rua, o negócio era andar bem devagar principalmente nas lombas, controlando o afogador pra o motor não apagar, também não se importando com a fumaça que exalava do escapamento e talvez até incomodasse os carros que vinham atrás.

fiat_147Nosso “antigo” Fiat 147

Já faz quase 3 anos que meu pai vendeu esse “autinho”. Com pouco tempo pra cuidar e sem espaço pra guardar na garagem, ele resolveu se desfazer. Mas as lembranças ficarão para sempre nas nossas memórias, pois foram mais de 25 anos que o carro esteve na nossa família, e um membro assim, a gente nunca esquece.

Fiat 500 em Toronto

A Fiat realmente conseguiu exibir uma grande jogada estratégica com a compra da fatia equivalente a quase 40% da norte-americana Chrysler. Além de mais uma vez receber a chance de difundir os modelos italianos em uma região que por anos ficou marcada por repudiar a marca, a notável aceitação do Fiat 500 nas rodovias dos EUA e Canadá, por exemplo, está salvando o balanço trimestral da montadora, considerando que a crise na Europa tem refletido fortemente nos resultados. Estimativas afirmam que sem os lucros produzidos pelo mercado norte-americano, a Fiat precisaria lidar com a perda do equivalente a mais de R$ 600 milhões de reais.

Dessa forma, a ilha de produção dos pequenos Fiat 500 Abarth, em Toluca no Mexico, já não possui mais estoque disponível para distribuição ainda em 2012, devido a grande demanda. Analistas da área explicam que os motivos para o desejo despertado pelos norte-americanos ao modelo está baseado na emoção, considerando acima de tudo o 500 Abarth um carro pequeno, requintado e potente.

E em minhas andanças por Toronto, confirmo todas as estimativas já relatadas, pois percebi diversos “cascudinhos” rodando por aqui. Abaixo a imagem de um deles registrada na última sexta-feira:

 Nas movimentadas rodovias que temos por aqui, sem dúvidas é uma ótima opção.

Fonte: Automotive Business, Car and Driver e Reuters Brasil

Busca