Posts Tagged ‘filmes’

E pelas Estrelas andando

Durante as últimas duas semanas passei envolvido com um livro. O nome da obra é A Culpa é das Estrelas (The Fault in Our Stars). Provavelmente você já ouviu falar, pois é um recente best-seller americano, assinado por John Green. Não digo que comecei a ler pelo acaso, mas sim, porque mesmo antes de conhecer a história, julguei ser um bom livro. E realmente ele é. Em uma avaliação limitada entre notas de 0 à 10, eu arriscaria um 7,5. A pior parte foi perceber que eu estava lendo um romance, isso lá pela página 50, quando já era tarde demais. Nada contra romances, acho mesmo que é uma questão de princípios conservadores, acreditando que homens não podem gostar de romances e mesmo que arrisquem ler, é necessário fazer na penumbra, escondendo a capa para que os outros não vejam.

a_culpa_e_das_estrelasLivro: A Culpa é das Estrelas – John Green

Sem surpresa alguma, a cada página que avançava, mergulhava ainda mais na história, passando por uma maratona intensa de altos e baixos junto com os personagens. Confesso que fiquei abatido com a trama, impactando em algumas percepções cotidianas. Fui remetido aos tempos de escola, mais precisamente durante o fim do ensino fundamental,  quando em poucos dias finalizava as leituras propostas pelos professores, muitas delas obrigatórias e contra a minha vontade. Por sinal, romances, indicados pelas professores de Língua Portuguesa. Eu detestava ler, mas sempre a história acabava de uma forma ou de outra ficando marcada no meu intelecto. Apesar de ter perdido um ou outro detalhe, boa parte deles eu lembro até hoje, além de aproveitar termos e referências, o que enriqueceu meu repertório, parafraseando o que havia lido.

ingressos_filme_a_culpa_e_das_estrelasFilme: A Culpa é das Estrelas – Baseado no livro

Mas voltando as Estrelas, eu poderia ficar aqui defendendo o livro, justificando através de mil e um argumentos que a história é emocionante, serve como exemplo de valorização plena da vida e que a gente nunca mais vai encontrar um livro tão comovente como esse. Basicamente seria uma grande mentira, pois cada um tem o seu entendimento sobre a história e sua dimensão, sem direito de influenciar na percepção dos outros. A minha percepção decorreu durante dias, uma admirável e trágica tortura.

Zueira do sábado à noite

a_lagoa_azul#SoQueNao | #NemFudendo

E vê se vai pentear macacos!

Busca