Posts Tagged ‘política’

Fim das Eleições

fim_das_eleicoes_volta_desenhos_depois_almoco

E a novela das 21h que vai começar mais cedo…

Em briga de povo e governo, partido não mete a colher

Como já dizia o ditado: “Em briga de marido e mulher não se mete a colher!”. Pois bem, parece que os manifestantes de todo o Brasil, mesmo que sem intenção notória, estão pensando dessa maneira. Afinal, não admitem nenhum tipo de influência, alusão, muito menos devoção a qualquer partido político, diante da onda de protestos que afronta o Brasil. O pessoal tem sido claro e transparente, não querem a intervenção de nenhum tipo de organização a frente das reclamatórias feitas.

E assim como em um casamento, a briga começou por um motivo quase insignificante, pouca coisa, uma provocação que parecia ser tão irrisória quanto todas as outras que o povo vem suportando por anos. O aumento de R$ 0,20 centavos na passagem de ônibus desencadeou a fúria da população, causada por uma mágoa guardada por décadas, alfinetada por inúmeras sucessões inúteis, que pouco fizeram pela sociedade. Eles sempre pensaram somente no próprio umbigo, acreditando que o povo poderia ficar apenas com as migalhas jogadas pela janela, enquanto a fortuna sustentada pela arrecadação de impostos serviria para o luxo e a ostentação dos poderosos.

Parece que finalmente a nação acordou e está decidida por cobrar seus direitos. É plausível o governo passar por desentendido, bom moço, fazendo de conta que sempre fez tudo o que estava ao seu alcance para atender as súplicas da população. Mas as críticas são tantas, que aos poucos essa máscara vai cair, e finalmente a nação vai mostrar a essa dinastia quem deveria estar no comando, fazendo valer e serem cumpridas as promessas de um país melhor.

O povo unido jamais será vencido

Parece que o povo brasileiro finalmente resolveu reivindicar seus direitos, deixando a comodidade de lado para sair pelas ruas, cobrar pelo retorno que sempre foi esperado, diante do serviço imundo que o governo exerce pela comunidade.

Finalmente o espírito guerreiro fez valer os direitos de cada cidadão, membro de uma nação independente, a qual um dia já conquistou a sua liberdade, e não merece estar mascarada por medo, discórdia e corrupção.

Chegou a hora do povo despertar e exigir o que merece!

E ele se calou

Na última segunda-feira (04/03/13) compartilhei uma espécie de charge comentando sobre aquele episódio quando o rei da Espanha, Juan Carlos, mandou o então presidente da Venezuela, Hugo Chávez, ficar calado. Por uma ironia do destino, em menos de 24 horas depois da postagem, as mídias  noticiaram a morte de Chávez.

Claro que minha publicação não tem relação alguma com o ocorrido, pois ainda não tenho poderes dignos de premonição, e mesmo que tivesse, obviamente meu post não faria a mínima diferença. No entanto, já que acabei tocando no assunto e citando o aclamado líder venezuelano por aqui, não custa prestar minhas sinceras condolências ao descanso do ex-presidente, quem lutou durante meses pela vida, não resistindo e sendo mais uma vítima do câncer. Com certeza para os chavistas esse é um momento difícil, no entanto, ao mesmo tempo, outros acreditam que esse fato pode ser um marco inicial para um período de mudanças no país. Se é que são mudanças benéficas, isso já é outra história. Agora está nas mãos do tempo revelar o futuro dos nossos vizinhos.

Por qué no te callas?

Sabe aqueles momentos quando alguém irritante está do seu lado, falando sem parar abobrinhas que você não está a fim de ouvir?

Bom, provavelmente é nesses momentos que você lembra da famosa frase anunciada alguns anos atrás na XVII Cúpula libero-americana, pelo rei da Espanha, Juan Carlos, contra o presidente da Venezuela, Hugo Chávez:

A frase ficou famosa no mundo todo, se tornando viral na época, surgindo até mesmo toques para celular e camisetas ilustrativas descrevendo a expressão.

O Brasil na visão americana

Um documentário elaborado pelo programa 60 Minutes da emissora americana CBS, comentando sobre a realidade no Brasil, com foco na situação econômica, política e cultural, diante da visão de nomes como o ex-presidente Lula, o empresário Eike Batista e o escritor Eduardo Bueno. Atente para as opiniões expostas por cada um deles, e tire suas próprias conclusões:

 

Fonte: YouTubeCanal Buenopolis

Busca